Palavras

apontar

Esta é a cena mais comum de se ver em meio às calorosas discussões. O dedo apontado diretamente para o suposto ofensor é como uma arma que dispara palavras penetrantes, assim como balas de revólver.  Aquele que se sente ofendido se vê no direito de revidar, achando que a melhor defesa é o ataque. O melhor golpe é ver o adversário caído no chão. Porém, este mal sabe que ‘’o insensato revela de imediato o seu aborrecimento, mas o homem prudente ignora o insulto’’.

Então, ele decide prosseguir alimentando em seu coração a ira ardente, sendo capaz de destruir vidas, inclusive a sua própria vida. Aquele que busca ferir, já está ferido. Aquele que busca vingança, já está destruído.

Palavras são capazes de destruir sonhos, enterrar emoções, afundar os corações. Palavras lançadas ao vento são como flechas que não retornam ao mesmo arco, mas que perfuram quem estiver no caminho.

Nos dias de hoje, em que as pessoas se tornaram menos pacientes e compreensivas, até mesmo menos comunicativas, as palavras tendem a refletir as piores emoções de seu interior.

Quanto mais agressivas elas são, maior é o vício de quem as pronuncia, e maior o engano de que extravazar explosivamente as frustrações alivia a alma. Em primeiro momento, uma palavra suja expressa sua indignação, depois nem dez delas são capazes de aliviá-lo e acabam escondendo mais ainda a sua dor.

A Palavra de Deus é clara quando diz: “A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto. Provérbios 18.21

Assim, cabe a cada um de nós escolher quais palavras lançaremos em direção àqueles que convivemos. Palavras que destroem ou constroem vidas? Palavras que deprimem ou alegram corações? Palavras de um passado fracassado ou de um futuro brilhante? Palavras amarguradas ou doces?

‘’Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz cura. Provérbios 12.18

“As palavras agradáveis são como um favo de mel, são doces para a alma e trazem cura para os ossos.” Provérbios 16.24

Talvez você ainda esteja ferido, porque anda ferindo. Mude seu vocabulário! Plante novas palavras e colha atitudes surpreendentes dos que vivem ao seu redor!

Que estas palavras tenham aberto seus olhos e trazido o caminho da cura para os seus relacionamentos…

Deus abençoe a todos!

Beijinhos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s