É namoro ou amizade?

Helloo careca e cabeluda (o) !

Tudo bem com vocês?

Apesar do tema de hoje parecer um tanto quanto fora dos assuntos abordados aqui no blog, eu quero lembrar que na verdade tem TUDO a ver e precisamos falar sobre isso.

Meu maior foco aqui no blog é dividir com vocês temas e reflexões da VIDA, indo além do contexto do câncer. Afinal, podemos estar em tratamento, mas continuamos VIVOS, certo?! 

Antes que façam conclusões precipitadas: NÃO, eu não estou namorando e nem perto disso acontecer! (mas as cobranças estão por todos os lados). haha

Mas, namoro, noivado, casamento ou pegação (apesar de eu ser contra este último em qualquer hipótese na vida), fazem parte da nossa história sentimental, mesmo estando em tratamento contra o câncer.

São muitos os casos durante o tratamento:

  • alguém especial que surge;
  • alguém ‘nada a ver’ que surge;
  • namoros, noivados e até casamentos que acabam;
  • casais que se sentem mais fortalecidos;
  • ou nada muda e você permanece solteira (o) hahaha

Diante de todos estes casos e, no intuito de inaugurar este tema, quero te dizer que a melhor forma de progredir, seguir em frente, recomeçar ou fazer com que continue dando certo é PROCURAR SER A MELHOR VERSÃO DE VOCÊ, HOJE!

melhor versão

(imagem retirada da internet)

Todo mundo quer fazer com que um relacionamento dê certo e todo mundo quer ter o melhor relacionamento possível, mas isso vai depender do quanto você se esforça para ser a melhor versão de você mesmo!

Claro! Ser um casal é viver com outra pessoa e depender do fato desta pessoa também estar tentando ser alguém melhor.

Isso não significa ser perfeito!

Mas se alguém NÃO reconhece seus erros e se conforma com eles; alguém que NÃO tenta aproveitar todas as oportunidades para fazer algo bom pra si e para os outros; alguém que NÃO aceita seu próprio passado mas que por causa dele também desanima com o futuro; alguém que perde facilmente a fé em Deus pois NÃO reconhece que Ele é o maior Ajudador para que sejamos melhores, esta pessoa está claramente na contra mão desta caminhada…

contramao

(imagem retirada da internet)

Por isso digo para quem está na mesma situação que eu (solteiríce aguda haha), pense bem antes de se relacionar com qualquer pessoa, conheça, converse, CONVIVA! Colha o máximo possível de informações sobre ela, para depois não ter que tentar tapar o sol com a peneira.

E, se mesmo durante o seu tratamento alguém aparecer, não se feche totalmente! Como eu disse, estamos VIVOS mesmo estando em tratamento. Basta ser mais cuidadosa (o) nessa fase, afinal você pode estar mais carente do que o normal, o que pode te levar a se precipitar!

Pense bem e converse com as pessoas importantes da sua vida antes de responder se:

“É namoro ou amizade?!”

Certo?!

Fiquem à vontade para compartilhar suas histórias e opiniões, e também pode deixar perguntas para o próximo post deste assunto!

Beijooos

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s